Varig suspende vôos para os principais destinos na Europa

Aqui ficam as notícias que irão aparecer na página inicial do site.

Moderadores: ATC, Comandante

Regras do Fórum
Como colocar uma notícia no FSP:
TÍTULO - Colocar um título que descreva o conteúdo da notícia.
IMAGEM - Coloque o link para uma imagem pequena(200x200) ex: [imgfloat=left]http_url_da_imagem_jpg[/imgfloat].
CONTEÚDO - Coloque o conteúdo da Notícia (cerca de 400 caracteres) e se quiser coloque mais algumas imagens.

ATENÇÃO:
O máximo permitido para imagens é de 400px de largura.
Responder
fap22
Capitão
Capitão
Mensagens: 526
Registado: segunda nov 19, 2007 12:00 am

Varig suspende vôos para os principais destinos na Europa

Mensagem por fap22 » quinta jan 31, 2008 8:35 am

A empresa aérea Varig, que está em processo de aquisição pela Gol, informou nesta quarta-feira que não planeja devolver as licenças para voar para Londres, Frankfurt e Roma, que são os principais destinos das viagens brasileiras para a Europa, apesar de ter anunciado no final do dia anterior a suspensão de vôos diretos para essas cidades a partir de março, devido a um novo enfoque comercial . (veja ainda: Cancelamento causa incômodo para passageiros )

Como a atual legislação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) permite reter as autorizações para operar rotas sem fazê-lo por um prazo de 180 dias, a decisão pode ser uma estratégia para ganhar fôlego enquanto se reestrutura, sem permitir que a concorrência nacional, no caso a TAM, abocanhe essa fatia dos vôos internacionais.

A Varig nega que a estratégia seja essa, atribui a decisão à redução de custos e a um enfoque maior no interesse do público executivo, aproveitando as parcerias com outras companhias em Paris e Madri.

- A empresa busca condições comerciais competitivas. Estamos aumentando a musculatura da Varig no Brasil e na América do Sul, para captar e atender mais clientes, que serão atendidos através de nossos hubs na Europa - afirma o diretor de Marketing da Varig, Murilo Barbosa.

De acordo com a Anac, interesse existe por essas rotas que a Varig não quer mais operar, em especial para a Alemanha e o Reino Unido, mas o número de licenças já atingiu o patamar máximo, e, no momento, não há mais freqüências regulares disponíveis para operação.

Para a Alemanha, atualmente há 21 vôos diários autorizados, 14 para a Varig e sete para a TAM. Para Londres, existem licenças para 14 vôos diários, sete para a Varig e sete para a TAM. Para Roma, podem ser realizados 21 vôos diários, sete pela Varig, sete pela TAM e sete pela BRA, que estão suspensos.

A Anac também afirma que entrou na reta final para aprovar uma nova legislação que visa justamente evitar a prática de bloquear rotas para impedir o avanço da concorrência. De acordo com a agência, as companhias encontraram brechas jurídicas para interromper temporariamente as operações e driblar a freqüência média anual exigida, mas com a nova regra, que depende agora apenas da aprovação do conselho-diretor para entrar em vigor, o órgão regulador poderá recuperar a licença assim que for verificado o não cumprimento dessa exigência.


Responder