Avião faz pouso forçado na praia

Aqui ficam as notícias que irão aparecer na página inicial do site.

Moderadores: ATC, Comandante

Regras do Fórum
Como colocar uma notícia no FSP:
TÍTULO - Colocar um título que descreva o conteúdo da notícia.
IMAGEM - Coloque o link para uma imagem pequena(200x200) ex: [imgfloat=left]http_url_da_imagem_jpg[/imgfloat].
CONTEÚDO - Coloque o conteúdo da Notícia (cerca de 400 caracteres) e se quiser coloque mais algumas imagens.

ATENÇÃO:
O máximo permitido para imagens é de 400px de largura.
Responder
fap22
Capitão
Capitão
Mensagens: 526
Registado: segunda nov 19, 2007 12:00 am

Avião faz pouso forçado na praia

Mensagem por fap22 » domingo fev 03, 2008 11:42 pm

O avião monomotor particular, prefixo PT-KZN, fez um pouso forçado na Praia do Titanzinho, por volta das 9h30 da manhã de ontem. Os tripulantes da aeronave, os pilotos Sabino Freire e Adelson Alves Julião, não tiveram nenhum dano físico, apenas o susto da manobra imprevista, provavelmente ocasionada por uma falha na admissão de ar do motor. Logo após o pouso, a peça foi recolhida para reparo.

Por todo o tempo que ficou na areia, a aeronave foi cercada por populares, muitos com câmeras em punho para não deixar de registrar o fato inusitado. “Nunca tinha visto um avião tão de perto”, disse o marceneiro Francisco Teixeira, que foi até o local logo que soube do ocorrido.

O piloto reformado, instrutor e checador de aeronaves do Aeroclube de Fortaleza, Sabino Freire, de 59 anos de idade e 41 de profissão, estava conduzindo a aeronave Cessna, do tipo 180, que pertence ao também piloto e paraquedista Adelson Julião. O avião é usado para o lançamento de paraquedistas e estava fazendo o vôo como uma verificação de rotina -“check” - devidamente autorizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

O monomotor levantou vôo por volta das 8h50, conforme contou Freire, fez algumas manobras sobre a Praia do Futuro e estava voltando para o aeroporto, quando o motor começou a apresentar problemas. “Nestes casos, a orientação é procurar um lugar seguro para pousar”, lembrou Julião.

Diante disso, os tripulantes tinham duas opções: pousar na água ou na areia. Como o piloto avistou a área descampada na Praia do Titanzinho resolveu pousar a aeronave. “O pouso em si foi tranqüilo, o ruim foi que em seguida fomos cercados por pessoas que fizeram uma limpa no avião”, relatou Sabino Freire.

Os pilotos ficaram trancados dentro do monomotor até a chegada da Polícia. Somente depois que a viatura da Ronda do Quarteirão adentrou a areia foi que os curiosos se afastaram do local do pouso. “Parecia até que a gente tinha pousado no território do inimigo”, avaliou Sabino Freire


Responder