TAP é a companhia que mais se atrasa e que mais bagagem perd

Aqui ficam as notícias que irão aparecer na página inicial do site.

Moderadores: ATC, Comandante

Regras do Fórum
Como colocar uma notícia no FSP:
TÍTULO - Colocar um título que descreva o conteúdo da notícia.
IMAGEM - Coloque o link para uma imagem pequena(200x200) ex: [imgfloat=left]http_url_da_imagem_jpg[/imgfloat].
CONTEÚDO - Coloque o conteúdo da Notícia (cerca de 400 caracteres) e se quiser coloque mais algumas imagens.

ATENÇÃO:
O máximo permitido para imagens é de 400px de largura.
Responder
fap22
Capitão
Capitão
Mensagens: 526
Registado: segunda nov 19, 2007 12:00 am

TAP é a companhia que mais se atrasa e que mais bagagem perd

Mensagem por fap22 » quarta fev 06, 2008 2:07 pm

A transportadora aérea portuguesa TAP é a que mais atrasos regista e a que perde mais bagagem, segundo estudo feito pela Associação de Companhias Aéreas Europeias (AEA), hoje divulgado na imprensa belga.

Segundo o estudo, publicado pelo diário francófono La Derniere Heure, a TAP está no fim da tabela com apenas 59,5 por cento de chegadas e 62,5 por cento de partidas pontuais.

No topo da tabela está a luxemburguesa Luxair, com 86,8 por cento de chegadas e 88,1 por cento de partidas no horário previsto, sendo que holandesa KLM ocupa o segundo lugar (84,9 e 80,5 por cento, respectivamente) e a Air France o sétimo lugar (82,1 e 81,5 por cento).

Segundo o estudo da AEA, que envolveu 28 companhias europeias, a mítica pontualidade britânica também deixa a desejar, dado que a British Airways está em 25º lugar, com 64,7 por cento de chegadas pontuais e 67,5 por cento de partidas.

No que respeita à perda de bagagens, o estudo da associação europeia abarca as 26 companhias aéreas que a integram, sendo que a TAP está novamente em último lugar - o 26º - com uma taxa de 27,8 extravios de malas em cada mil passageiros.

A Air Malta e a Turkish Airlines dividem o primeiro lugar desta tabela, com 4,5 perdas de bagagem por mil passageiros.

A média das 26 companhias da AEA é de 16,6 perdas por mil passageiros.


Responder