Demanda aquecida leva Embraer a superar em 20% meta

Aqui ficam as notícias que irão aparecer na página inicial do site.

Moderadores: ATC, Comandante

Regras do Fórum
Como colocar uma notícia no FSP:
TÍTULO - Colocar um título que descreva o conteúdo da notícia.
IMAGEM - Coloque o link para uma imagem pequena(200x200) ex: [imgfloat=left]http_url_da_imagem_jpg[/imgfloat].
CONTEÚDO - Coloque o conteúdo da Notícia (cerca de 400 caracteres) e se quiser coloque mais algumas imagens.

ATENÇÃO:
O máximo permitido para imagens é de 400px de largura.
Responder
fap22
Capitão
Capitão
Mensagens: 526
Registado: segunda nov 19, 2007 12:00 am

Demanda aquecida leva Embraer a superar em 20% meta

Mensagem por fap22 » quarta fev 13, 2008 10:42 pm

A Embraer anunciou hoje ter entregue 36 jatos executivos no ano passado, um aumento de 33% em relação a 2006 e de 80% ante 2005. O número de entregas supera também a meta da companhia para o ano, que era de 30 aeronaves.

Todos os aviões entregues são do modelo Legacy 600, único em produção comercial na empresa em 2007. Desde que foi lançado, em 2002, já foram entregues 130 unidades desse avião para clientes de 23 países, segundo a Embraer.

Neste ano, começam a ser entregues os jatinhos modelo 100 da família Phenom, principal aposta da empresa para o segmento executivo nos próximos anos. Também será entregue no segundo semestre de 2008 o primeiro Lineage 1000, maior avião executivo do portfólio da empresa desenvolvido a partir do modelo comercial EMB 170.

O Legacy tem uma demanda global devido ao seu conforto personalizado e características que possibilitam uma experiência de vôo única, diz o vice-presidente de Aviação Executiva da empresa, Luís Carlos Affonso. O desempenho superior sob as mais exigentes condições, o baixo custo operacional e a abrangente rede de suporte da Embraer são outras qualidades que agradam os clientes, completa.

Para este ano, a Embraer pretende manter o ritmo de entregas do Legacy na casa das 30 unidades. Além disso, tem meta de entregar entre 10 e 15 jatos Phenom 100, e os dois primeiros Lineage 1000.

A divisão de aviação executiva da Embraer passou a ser prioridade para a empresa há três anos, quando se tornou uma divisão de negócios independente e promoveu o lançamento do programa dos jatos Phenom. A forte demanda mundial por esse tipo de aeronave levou, inclusive, a Embraer revisar para cima a previsão de participação desse setor em sua receita. A companhia, que acreditava que os jatos executivos seriam responsáveis por 20% de seus ganhos entre 2005 e 2010, agora prevê participação de 25% para eles no período.


Responder