TAP reforça com 10.000 bilhetes campanha promocional

Aqui ficam as notícias que irão aparecer na página inicial do site.

Moderadores: ATC, Comandante

Regras do Fórum
Como colocar uma notícia no FSP:
TÍTULO - Colocar um título que descreva o conteúdo da notícia.
IMAGEM - Coloque o link para uma imagem pequena(200x200) ex: [imgfloat=left]http_url_da_imagem_jpg[/imgfloat].
CONTEÚDO - Coloque o conteúdo da Notícia (cerca de 400 caracteres) e se quiser coloque mais algumas imagens.

ATENÇÃO:
O máximo permitido para imagens é de 400px de largura.
Responder
fap22
Capitão
Capitão
Mensagens: 526
Registado: segunda nov 19, 2007 12:00 am

TAP reforça com 10.000 bilhetes campanha promocional

Mensagem por fap22 » quarta mai 07, 2008 5:00 pm

Em comunicado, a TAP informa que, "face à procura existente, decidiu passar de 20.000 para 30.000 os lugares disponíveis, reforçando a sua aposta no reforço do tráfego da Madeira", uma vez que desde o início da campanha de promoção das viagens de e para o Funchal, a 24 de Abril, foram vendidos 8.500 lugares.

A promoção, que é válida até ao dia 24 de Maio, abrange viagens até ao final de 2008 a "preços muito convidativos".

As viagens do Continente para o Funchal custam 64 euros por cada percurso, enquanto as viagens do Funchal para o Continente custam 71 euros.

"A diferença entre ambos os sentidos resulta da diferença do custo das taxas aeroportuárias nos diferentes aeroportos", explica a TAP.

A liberalização do transporte aéreo, que entrou em vigor no dia 24 de Abril, pôs termo à imposição de obrigações de serviço público no transporte entre o Continente e a Madeira, assumidas pela TAP, em code-share (partilha de voos) com a SATA.

Com a entrada em vigor do regime "Céu Aberto", o subsídio social de mobilidade, que era pago às companhias aéreas, passou a ser pago directamente aos passageiros estudantes e residentes da Região Autónoma da Madeira, através de um reembolso feito aos balcões dos CTT.

O subsídio, que no regime anterior podia atingir os 118 euros (ida e volta), passou a ter um valor fixo de 30 euros para uma viagem simples e de 60 euros para ida e volta, devendo ser revisto anualmente.


Responder