Governo Americano quer vender caças F-16 para a Romênia

Aqui ficam as notícias que irão aparecer na página inicial do site.

Moderadores: ATC, Comandante

Regras do Fórum
Como colocar uma notícia no FSP:
TÍTULO - Colocar um título que descreva o conteúdo da notícia.
IMAGEM - Coloque o link para uma imagem pequena(200x200) ex: [imgfloat=left]http_url_da_imagem_jpg[/imgfloat].
CONTEÚDO - Coloque o conteúdo da Notícia (cerca de 400 caracteres) e se quiser coloque mais algumas imagens.

ATENÇÃO:
O máximo permitido para imagens é de 400px de largura.
Responder
sapien
Capitão
Capitão
Mensagens: 640
Registado: segunda nov 05, 2007 12:00 am

Governo Americano quer vender caças F-16 para a Romênia

Mensagem por sapien » quinta mai 22, 2008 1:19 am

Uma combinação de novos e usados caças Lockheed Martin F-16 equipados com designadores de alvos e capacetes com visão noturna além de outros detalhes devem ser fornecidos a Força Aérea da Romênia no valor de 4.5 bilhões de dólares num total de 48 jatos multi-missão.

Imagem

A Agência de Cooperação de Segurança de Defesa Americana (DSCA), que gerencia as vendas externas, informou ao congresso detalhes sob as negociações em 16 de maio. A proposta americana tem como base versões competitivas de caças F-16 contra o Eurofighter Typhoon e Saab JAS-39 Gripen. Os Estados Unidos irão oferecer 24 caças novos F-16C/D Bloco 50 ou 52, dependendo da escolha de motor da Romênia, além de 24 unidades usadas de F-16C/D Bloco 25 motorizado por turbojatos Pratt & Whitney.

O pacote de armas de ataque ao solo também incluem 12 pods de designação de alvos Lockheed AAQ-33 Sniper ou Northrop Grumman AAQ-28 Litening e seis capacetes com visão noturna (JHMCS). As armas ar-ar não foram publicados no documento enviado ao comgresso pelo DSCA.

Para o novo F-16, os americanos oferecem a Romênia a escolha do turbojato P&W F100-PW-229 ou o General Electric F110-GE-129. Os caças usados viriam equipados com o motor P&W F100-PW-220. A Romênia quer substituir seus 21caças Mikoyan-Gurevich MiG-21 Lancer c usados por aeronaves que cumpram missões de superioridade aérea e também substituir seus 41 caças MiG-21 Lancer A usados para missões de ataque


por Airway online


Responder