Três militares morrem em queda de avião no Chile

Aqui ficam as notícias que irão aparecer na página inicial do site.

Moderadores: ATC, Comandante

Regras do Fórum
Como colocar uma notícia no FSP:
TÍTULO - Colocar um título que descreva o conteúdo da notícia.
IMAGEM - Coloque o link para uma imagem pequena(200x200) ex: [imgfloat=left]http_url_da_imagem_jpg[/imgfloat].
CONTEÚDO - Coloque o conteúdo da Notícia (cerca de 400 caracteres) e se quiser coloque mais algumas imagens.

ATENÇÃO:
O máximo permitido para imagens é de 400px de largura.
Responder
fap22
Capitão
Capitão
Mensagens: 526
Registado: segunda nov 19, 2007 12:00 am

Três militares morrem em queda de avião no Chile

Mensagem por fap22 » domingo jul 06, 2008 10:36 pm

Os três tripulantes de um avião de Havilland Canada DHC-6 Twin Otter, da Força Aérea do Chile morreram logo que a aeronave em que viajavam colidiu com cabos de energia elétrica e caiu em seguida.

Segundo informações, as três vítimas fatais são: o Comandante Sergio Ismael Fuentes Castorene, o Sub-Tenente Gabriel Alejandro Medel Caster e o 2º Sargento Marcos Tomás Oyarzo LLauquén.

O acidente ocorreu nas cercanias de Cochamó, região de Los Lagos, por volta das 14:00 (hora local), quando a aeronave iniciou um vôo de instrucão, a baixa altitude, que teria como destino Cochamó, a umas duas horas e meia e Puerto Montt.

Quando o avião estava a ponto de chegar a essa localidade, ele se chocou em cabos de de energia elétrica, aparentemente da empresa Saesa, mudando bruscamente sua rota, caindo no setor de la Lobada, situada a 15 quilômetros de Cochamó.

Fontes da empresa de energia informaram que a aeronave bateu contra uma linha de média tensão, de 23 mil volts, que atualmente estavam habilitados apenas com a metade de sua capacidade, devido a menos demanda de abastecimento en Río Puelo e Cochamó. A Saesa informou que a linha, de mais de mil metros de extensão e 12 anos de existência, era connhecida pelos pilotos, e que haviam diversos elementos de segurança regulamentados, como balizas, que permitiam que os cabos fossem vistos no ar pelas aeronaves.

Em sua queda, o avião arrastou a linha e outros cabos de baixa tensão, além dos postes que os sustentavam. Em razão disso, o serviço elétrico ficou suspenso em Cochamó e Puelo.

Segundo fontes locais, o avião se incendiou depois de cair.

Fonte: La Tercera


Responder