TAP poupa 20 milhões de euros com redução de 60 voos

Aqui ficam as notícias que irão aparecer na página inicial do site.

Moderadores: ATC, Comandante

Regras do Fórum
Como colocar uma notícia no FSP:
TÍTULO - Colocar um título que descreva o conteúdo da notícia.
IMAGEM - Coloque o link para uma imagem pequena(200x200) ex: [imgfloat=left]http_url_da_imagem_jpg[/imgfloat].
CONTEÚDO - Coloque o conteúdo da Notícia (cerca de 400 caracteres) e se quiser coloque mais algumas imagens.

ATENÇÃO:
O máximo permitido para imagens é de 400px de largura.
Responder
fap22
Capitão
Capitão
Mensagens: 526
Registado: segunda nov 19, 2007 12:00 am

TAP poupa 20 milhões de euros com redução de 60 voos

Mensagem por fap22 » quarta jul 09, 2008 9:36 pm

Menos 60 voos, mais 20 milhões de euros. Foram estas contas que levaram a TAP a suspender frequências de médio e longo curso, já a partir de Outubro.

As rotas europeias vão ser as mais afectadas, enquanto as africanas escapam ao plano de emagrecimento. Uma medida de sobrevivência, face às previsões de prejuízos de 154 milhões de euros, em 2008.

Fernando Pinto, presidente executivo da TAP, já tinha avisado que a crise financeira que a companhia de aviação atravessa iria obrigar a um reajustamento pontual da operação, mas só ontem foram conhecidos os seus contornos. No total, vão ser eliminadas 60 frequências (51 de médio curso e nove de longo curso).

Nenhum destino será cancelado, mas algumas rotas vão sofrer cortes significativos, como é o caso de Madrid e de Barcelona com partida de Lisboa (menos sete frequências). A Europa vai ser a região mais afectada por este plano, registando uma diminuição de 51 voos semanais. Brasil, Estados Unidos e Venezuela são os outros países na lista, absorvendo as restantes nove suspensões.

Ficam de fora os voos domésticos, tal como o gestor brasileiro assegurou, no dia em que assumiu publicamente estar perante "a maior crise de sempre da indústria". África também escapa à estratégia de redução, tendo a TAP, inclusivamente, anunciado a inauguração de uma nova rota para Casablanca (Marrocos), no final de Outubro, e o reforço do destino Bissau para três frequências semanais.

A medida entra em vigor a partir de Outubro, prolongando-se até Março, com excepção para os perío-dos do Natal e do Ano Novo, dado constituírem o momento mais alto do ano na facturação da companhia. No médio curso, as paragens vão ocorrer em alturas específicas - de 3 a 30 de Novembro, de 12 de Janeiro a 15 de Fevereiro e de 2 a 28 de Março de 2009.

pubilco


Responder