TAP e SATA aumentam taxas de combustível

Aqui ficam as notícias que irão aparecer na página inicial do site.

Moderadores: ATC, Comandante

Regras do Fórum
Como colocar uma notícia no FSP:
TÍTULO - Colocar um título que descreva o conteúdo da notícia.
IMAGEM - Coloque o link para uma imagem pequena(200x200) ex: [imgfloat=left]http_url_da_imagem_jpg[/imgfloat].
CONTEÚDO - Coloque o conteúdo da Notícia (cerca de 400 caracteres) e se quiser coloque mais algumas imagens.

ATENÇÃO:
O máximo permitido para imagens é de 400px de largura.
Responder
fap22
Capitão
Capitão
Mensagens: 526
Registado: segunda nov 19, 2007 12:00 am

TAP e SATA aumentam taxas de combustível

Mensagem por fap22 » segunda jul 14, 2008 5:02 pm

A partir de hoje, os passageiros dos voos da TAP vão pagar mais 18 euros pelas viagens de ida e volta entre os Açores e o continente, e entre as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, e também nos voos da SATA, a partir de segunda-feira.
As companhias aéreas decidiram aumentar a taxa de combustível de 21 euros para 30 euros (de 42 para 60 euros se for bilhete de ida e volta) - um acréscimo de 43 por cento. Como esclareceu o gabinete de imprensa da SATA, trata-se de um aumento decorrente da actualização trimestral, a que são obrigadas as companhias aéreas nas ligações aéreas abrangidas pelo regime de serviço público. Sendo que a proposta de aumento é sujeita à aprovação do INAC - Instituto Nacional de Aviação Civil, salvaguardou a mesma fonte.
O apelo de Artur Lima, o líder do CDS-PP/Açores, dirigido ontem ao Governo Regional, para impedir a SATA de “seguir as pisadas da TAP” não vai pois surtir efeito, pelo menos para já.
Ontem Artur Lima denunciou, em conferência de imprensa, o aumento da taxa de combustível, considerando que “é um roubo o que se está a passar”. O parlamentar sublinhou que, com mais este aumento, a taxa de combustível subiu 650 por cento, desde Janeiro de 2007, no serviço público de transporte aéreo entre os Açores e o continente, ou seja, aumentou cerca de 40 por cento ao mês, quando, no mesmo período, o preço do petróleo nos mercados internacionais subiu apenas cerca de 100 por cento.
Deste modo, Artur Lima considera que a TAP está a aproveitar o aumento dos combustíveis “para extorquir aos açorianos cinco vezes mais do que as suas reais necessidades”, facto que leva o líder e deputado centrista regional a considerar que, “pelos vistos, os açorianos é que estão a pagar os prejuízos da TAP, despudoradamente, com a anuência do Governo do engenheiro Sócrates”.
Estranhando que a taxa de combustível só suba nas rotas da TAP Portugal para as regiões autónomas, Artur Lima sustentou que deve ser colocado “um travão” às companhias aéreas “para que não possam, discricionariamente, rever a taxa de três em três meses”, pois, frisa, “não estamos numa rota liberalizada, mas numa rota de serviço público”.
Para o democrata-cristão “um valor razoável” seria o praticado no início de 2007, ou seja, valores “entre os 8 e os 10 euros de taxa por percurso”.
“Tudo isto é mais lamentável e escandaloso quando as ligações aéreas entre o continente e os Açores são feitas ao abrigo de um contrato de prestação de serviço público”, diz Artur Lima. E o Governo da República “não pode ficar indiferente”, tal como o Governo Regional.
O grupo parlamentar do CDS-PP na Assembleia da República já se comprometeu com a estrutura regional do partido a solicitar a presença, no parlamento, do Ministro das Obras Públicas e Transportes para expl’icar os aumentos “escandalosos” das tarifas aéreas nas ligações entre os Açores e o continente.


CDS-PP questiona preços praticados
Uma passagem aérea entre os Açores e o continente custa 194 euros, e as taxas (segurança, aeroporto, emissão de bilhete e combustível) totalizam agora 99 euros, sendo que a isto as companhias somam o valor das indemnizações compensatórias pagas pelo Estado que variam entre os 87 e os 101 euros. Ora, segundo as contas de Artur Lima, do CDS-PP/Açores, um açoriano paga cerca de 380 euros para viajar entre as ilhas e o continente. “Escandaloso” é também, para Artur Lima, o valor da passagem de uma criança até aos 12 anos: “uma tarifa de criança custa 97 euros e as taxas já representam mais do que a tarifa, ou seja, são 99 euros”. Questiona por isso “como é que um Governo que se diz tanto amigo das famílias e se arroga de ter políticas amigas das famílias permite uma coisa destas”.

acorianooriental


Responder