TAP registou prejuízos de 123 ME no primeiro semestre...

Aqui ficam as notícias que irão aparecer na página inicial do site.

Moderadores: ATC, Comandante

Regras do Fórum
Como colocar uma notícia no FSP:
TÍTULO - Colocar um título que descreva o conteúdo da notícia.
IMAGEM - Coloque o link para uma imagem pequena(200x200) ex: [imgfloat=left]http_url_da_imagem_jpg[/imgfloat].
CONTEÚDO - Coloque o conteúdo da Notícia (cerca de 400 caracteres) e se quiser coloque mais algumas imagens.

ATENÇÃO:
O máximo permitido para imagens é de 400px de largura.
Responder
fap22
Capitão
Capitão
Mensagens: 526
Registado: segunda nov 19, 2007 12:00 am

TAP registou prejuízos de 123 ME no primeiro semestre...

Mensagem por fap22 » quinta jul 17, 2008 9:04 pm

A TAP registou prejuízos de 123 milhões de euros no primeiro semestre deste ano, um desvio de 55 milhões de euros face ao orçamentado, disse hoje à agência Lusa fonte oficial da companhia aérea.

"Só em Junho, a TAP gastou mais 21 milhões de euros do que o que estava orçamentado", disse à Lusa fonte oficial da transportadora liderada por Fernando Pinto, recordando que até Maio a companhia aérea já tinha acumulado prejuízos de 102 milhões de euros devido ao aumento do preço dos combustíveis.

Contas feitas, no final do primeiro semestre deste ano, o prejuízo da TAP foi de 123 milhões de euros, "um desvio de 55 milhões de euros face ao que estava orçamentado", de acordo com a mesma fonte.

Em Junho, durante uma conferência de imprensa sobre o impacto da escalada dos preços dos combustíveis nas contas da companhia aérea portuguesa, Fernando Pinto disse que o preço do jet fuel (combustível para avião) duplicou em quatro anos e voltou a duplicar em dez meses.

Na ocasião, o presidente-executivo da TAP apresentou um cenário hipotético provocado pelo aumento do preço dos combustíveis, referindo que se a escalada de preços continuar e que se a companhia aérea não avançar com medidas, os prejuízos este ano poderão ascender a 154 milhões de euros.

Neste cenário, a meta de lucros de 64 milhões de euros fixada pelo Governo torna-se um objectivo cada vez mais distante.

Face a este contexto, a TAP definiu um plano com o objectivo de aumentar as receitas e, consequentemente, reduzir os custos, de que faz parte a redução de 60 voos semanais a partir de Outubro.

Recorde-se que no final de Abril Fernando Pinto tinha fixado uma meta de redução dos custos em 100 milhões de euros.

LUSA


Responder